NOTÍCIAS
compartilhar este link
Marketing de US$ 5 milhões

07/07/2020 10:01:25
Tarifa abre disputa na Espanha

26/06/2020 10:10:33
Greening assusta Califórnia

11/02/2020 10:36:02
Bem vindo, suco de laranja

10/02/2020 10:54:48
Limão azedo na Argentina

29/01/2020 14:41:02
Notícias pelo mundo

13/12/2019 16:40:13
Notícias pelo mundo

06/12/2019 16:45:44
Notícias pelo mundo

29/11/2019 16:49:04
Clima favorece pomares

08/02/2019 11:36:47
Greening perto de zero

21/05/2018 11:12:28
NOTA: CitrusBR e o Consecitrus

22/09/2017 16:11:36
15/04/2020
Citrus nos EUA tem perdas de US$ 200 milhões

Citrus Industry - Estimativa de prejuízo foi feita por três das principais associações de produtores do país em carta endereçada ao Departamento de Agricultura dos EUA

Os prejuízos causados pela pandemia global de coronavírus na proução de citrus nos Estados Unidos já soma algo em torno de US$ 200 milhões. Esse é o levantamento feito por três das principais associações americanas de produtores, a Florida Citrus Mutual, Texas Citrus Mutual e Califórnia Citrus Mutual. O valor foi apresentado em um carta conjunta das três entidades, enviada ao secretário de agricultura dos EUA, Sonny Perdue. O Objetivo é colaborar com o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), para a implantação de programas de apoio com base na Lei de Ajuda Econômica para o Coronavírus com verba de US$ 2,2 trilhões. 

Na carta, as associações explicam que os impactos da indústria cítrica variaram bastante por região e variedade. “Até o momento, os maiores desafios que estamos vendo em todo o setor se devem ao fechamento de escolas e restaurantes”. O texto aponta ainda que mesmo o recente crescimento na demanda por frutas cítricas não tem compensado as perdas. “Movimentos adicionais no setor de varejo não compensaram as perdas no serviço de alimentação de limões, suco de toranja e a maioria das variedades especializadas, e é muito cedo para dizer qual será o impacto líquido do suco de laranja”.

A produção de limão é uma das mais afetadas."A Califórnia fornece o suprimento nacional de limões frescos, com mais da metade da produção tradicionalmente destinada ao serviço de alimentação. O movimento semanal total de limões diminuiu 30% em volume", relata a carta. 

Embora a carta aponta a estimativa de US$ 200 milhões como um montante significativo de perdas, alerta para que esse total possa ser maior. “Ainda é cedo para determinar todo o impacto econômico que a crise terá no setor”, avaliam.