NOTÍCIAS
compartilhar este link
Clima favorece pomares

08/02/2019 11:36:47
Greening perto de zero

21/05/2018 11:12:28
NOTA: CitrusBR e o Consecitrus

22/09/2017 16:11:36
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
30/10/2019
Saiba como proteger os citros das pragas

Citricultores contam com assistência técnica para prevenir e mitigar perda de abelhas


Iniciativas do Colmeia Viva® - movimento do setor de defensivos agrícolas, sob a governança do Sindicato Nacional das Indústrias de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg), para incentivar o diálogo entre agricultores e criadores de abelhas contam com Plano Nacional de Boas Práticas, voltado à prevenção da mortalidade de abelhas e mitigação de incidentes, baseado na disseminação de boas práticas no uso de defensivos e na formalização do pasto apícola entre agricultores e apicultores.

Especificamente no caso dos citricultores, uma iniciativa de pesquisa com a participação da Unesp e UFSCar para o levantamento de dados sobre a mortalidade de abelhas no Estado de São Paulo entre 2014 e 2017 constatou em 107 visitas ao campo com etapa complementar de coleta de abelha em 88 casos: 59 casos com resíduos de produtos químicos, sendo 21 decorrente do uso incorreto de defensivos na lavoura com 33%,33 desses casos nas culturas de citrus. Entre as práticas de uso incorreto de defensivos agrícolas que estão entre as causas que podem provocar a perda de abelhas destacam-se dosagens acima das recomendações indicadas em rótulo e bula; falta do cumprimento das exigências legais para a aplicação de defensivos agrícolas com vistas à proteção ao cultivo nas modalidades aprovadas (aérea ou terrestre); falta de formalização do pasto apícola; emprego incorreto da modalidade de aplicação sem a autorização ou registro de produtos para cultura agrícola. O resultados completos da pesquisa estão disponíveis no site do movimento em https://www.colmeiaviva.com.br/wp-content/uploads/2018/07/Relatorio_MAP_final_baixa.pdf.

Para evitar a perda de abelhas, o Plano Nacional conta com uma série de iniciativas, dentre elas, o Colmeia Viva® Assistência Técnica – 0800 771 8000, uma linha direta que esclarece dúvidas e compartilha as boas práticas para a prevenção e mitigação da mortalidade de abelhas. A ligação é gratuita, funciona diariamente das 07h00 às 19h00 e atende todo o Brasil. São especialistas que podem ajudar por telefone e, se necessário, vão até o local. Agricultores e aplicadores de defensivos agrícolas podem participar, em caso de dúvidas sobre incidentes com abelhas por aplicação de defensivos; se encontrarem colmeias não identificadas na propriedade agrícola e se precisarem de orientações sobre boas práticas como técnicas amigáveis às abelhas, incentivo à visitação de abelhas na cultura, localização segura para instalação de apiários, comunicação com criadores de abelhas.

Há também o Colmeia Viva® App, ambiente digital para facilitar o diálogo entre agricultores e criadores de abelhas, identificando as áreas de sobreposição de atividades agrícolas e apícolas. Disponível gratuitamente para download na App Store ou Google Play, os produtores de citrus podem avisar onde e quando vão ocorrer as pulverizações. Criadores de abelhas podem identificar a região dos apiários para receber os comunicados de aplicações e saber quais medidas de proteção devem tomar.

Além dessas iniciativas existem outras, a exemplo do Manual de Boas Práticas Agricultura-Apicultura com mais de 70 práticas e dicas, disponível para baixar em https://www.colmeiaviva.com.br/wp-content/uploads/2019/05/1-Manual-Boas-Praticas-atualizado-2019.pdf e o Guia da Agricultura Amigável às Abelhas, que ajuda o agricultor a usar defensivos agrícolas para proteger os cultivos das pragas, sem causar danos às abelhas e, se tiver interesse, aprender, inclusive, a usufruir de aumento de produtividade, criando uma relação mais produtiva entre agricultura e apicultura, além de proteger as abelhas. Afinal, cultivos beneficiados pela polinização, como é o caso do citrus. O Guia também está disponível para download em https://www.colmeiaviva.com.br/wp-content/uploads/2019/06/GuiaAgriculturaAmigalAbelhas-Web.pdf.