NOTÍCIAS
compartilhar este link
Notícias pelo mundo

06/12/2019 16:45:44
Notícias pelo mundo

29/11/2019 16:49:04
Clima favorece pomares

08/02/2019 11:36:47
Greening perto de zero

21/05/2018 11:12:28
NOTA: CitrusBR e o Consecitrus

22/09/2017 16:11:36
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
09/08/2019
Na Califórnia safra 18/19 é marcada como uma das piores

Fresh Plaza - 09/08/2019 - Segundo a Califórnia Citrus Mútua (CCM), no início da temporada, o mercado enfrentou uma série de desafios


De acordo com o comunicado da Califórnia Citrus Mútua (CCM), com sede em Exeter na Inglaterra, a safra 2018/2019 de laranjas de umbigo ficará marcado como uma das piores temporadas.

Segundo a CCM, no início da temporada, o mercado enfrentou uma série de desafios. Volumes sem precedentes de frutas importadas estavam presentes no mercado, em um período muito depois que o atípico, que continua sendo uma ruptura significativa no mercado.

Consequentemente, a demanda reprimida normal por citros frescos da Califórnia no início da temporada não existia. Em vez disso, houve uma situação de excesso de oferta e uma base de clientes confusos.

O mercado interno também foi impactado pela disputa comercial em curso com a China. Geralmente, há uma pressão para colher frutas em novembro, em antecipação referente à forte demanda em todo o ano novo chinês. Essa demanda normalmente se estende de janeiro a abril, mas isso não ocorreu este ano.

Para piorar a situação, a safra da Califórnia foi dominada por frutas de tamanhos pequenos. Com a preferência do consumidor por frutas de grande porte, especialmente durante as festas de final de ano, a indústria estava lutando por um espaço de prateleira com uma estrutura de tamanho inferior à desejável.

Algumas frutas foram exportadas, mas foram imediatamente atrasadas devido ao aumento das inspeções portuárias na China. Para o ano safra 2018/2019, os níveis tarifários e as práticas de inspeção nos citros da Califórnia criaram barreiras que eram difíceis de superar. Isso forçou os comerciantes a dedicar mais tempo e atenção ao mercado interno.